[ editar artigo]

Panorama do Mercado Financeiro - 4 de Maio de 2021

Panorama do Mercado Financeiro - 4 de Maio de 2021

Bom dia!

O Ibovespa começou a semana fechando em leve alta, com os investidores mirando os papéis do setor bancário. A expectativa da retomada da economia brasileira faz com que os investidores olhem para papéis que estejam com possível "atraso" de crescimento com relação aos demais setores e o setor bancário é o que parece estar mais atrasado com relação a esse ponto. Além disso, a realização de lucros nos papéis ligados ao setor agrícola abriu espaço para a alta do dia nos bancos, principalmente Bradesco e Santander. Com isso, o índice brasileiro fechou cotado a 119.209 pontos, uma alta de 0,27%.

O dólar fechou a segunda-feira em queda, com o cenário externo positivo e animando os investidores brasileiros. O movimento recente de queda da moeda norte-americana continua bastante evidente, com as bolsas americanas em alta e tornando mais atrativo ativos de maior risco e, consequentemente, reduzindo a demanda por títulos menos arriscados. Em um dia interno calmo, o bom humor internacional tomou conta do mercado. O dólar fechou com queda de 0,24%, vendido a R$ 5,4182.

O mercado americano fechou sem direção única nesta segunda-feira, com os índices S&P 500 e Dow Jones no campo positivo e o índice Nasdaq em queda. Os investidores começam a buscar papéis que irão se valorizar com a retomada da economia pós-pandemia, como os setores de energia e materiais básicos. Com isso, os papéis de tecnologia acabam perdendo sua atratividade e afetando diretamente o Nasdaq. Assim, o índice Dow Jones fechou o pregão com alta de 0,7%, o S&P 500 ganhou 0,27% e o Nasdaq fechou recuando 0,48%.

O mercado europeu fechou em alta no pregão após a divulgação dos planos recentes da Comissão Europeia para diminuir as restrições de turismo no continente. Além disso, a divulgação de bons dados econômicos de vendas no varejos e uma série de bons balanços corporativos animaram os investidores. A divulgação do estudo para o alívio nas restrições fez com que os papéis de empresas ligadas ao turismo fossem as grandes destaques do dia. Assim, a bolsa de Milão foi o grande destaque do dia, com alta de 1,15%. Acompanhando a alta, Frankfurt fechou com alta de 0,66%, Paris subiu 0,61% e Madrid registrou ganhos de 0,89%.

No calendário econômico de hoje, não temos notícias relevantes na agenda brasileira. Nos Estados Unidos, a divulgação dos dados de importação, exportação e da balança comercial são os grandes destaques do dia. Além disso, temos também discurso de membros do FOMC, com potencial de movimentar o mercado. Na Europa, a agenda também está vazia.

Agora pela manhã, o índice futuro do S&P opera em leve queda de 0,09%. No mercado europeu, as bolsas operam em alta, ainda repercutindo os bons resultados de ontem e esperando por novos balanços positivos. Destaque para a bolsa de Londres, que opera com alta de 0,88% e para Madrid que no momento sobe 1,16%.

Investy Academy
Ler conteúdo completo
Indicados para você