[ editar artigo]

Panorama do Mercado Financeiro - 4 de Janeiro de 2021

Panorama do Mercado Financeiro - 4 de Janeiro de 2021

Bom dia e ótimo início de ano a todos!

 

O Ibovespa fechou o último dia de pregão de 2020 em leve queda, após bater sua máxima história e chegar a trabalhar acima dos 120mil pontos (120.149 pontos). Após cumprir a profecia e a festa dos 120mil pontos, o índice teve uma realização de lucros, principalmente das ações do setor financeiro, e fechou o pregão cotado próximo aos 119 mil pontos. O Ibovespa fechou 2020 a 119.017 pontos, uma queda de 0,33%.

O dólar fechou com leve alta. Após a volatilidade da definição da Ptax, a divisa lateralizou até o fim do dia, sem maiores notícias que impactassem o câmbio. O dólar fechou vendido a R$ 5,1887, uma alta de 0,11%.

Os mercados americanos sentiram a falta da colocação por parte dos republicanos do aumento do valor a ser distribuído como auxílio no novo pacote de estímulos. A medida, que aumentaria o auxílio de US$ 600 para US$ 2mil não foi colocada em pauta, o que desanimou os mercados, mas ainda fecharam no campo positivo. O índice S&P 500 fechou com leve alta de 0,13%.

Na Europa, as bolsas fecharam em baixa, com o aumento do número de casos do coronavírus sendo o principal destaque do último dia de 2020. Além disso, a preocupação com o futuro do acordo entre União Europeia e Reino Unido após o Brexit abalou o mercado. Destaque para a bolsa inglesa, que caiu 1,45%.

No calendário econômico de hoje, no Brasil temos a divulgação do Boletim Focus, com as principais projeções do mercado para a economia brasileira. Nos Estados Unidos, a divulgação do índice de produção industrial de dezembro é a principal notícia do dia. Na Europa, a divulgação dos índices de produção industrial da Alemanha e da Espanha é o que pode gerar volatilidade nos mercados.

Agora pela manhã, o índice futuro S&P 500 opera em alta, com o otimismo do início do ano com pacote de estímulos e vacinação contra o coronavírus. O futuro do S&P 500 opera com alta de 0,55%. Na Europa, os índices operam com forte alta, com a divulgação dos dados sobre a produção industrial na Europa melhor que o esperado. Destaque para a bolsa do Reino Unido, com alta de 2,90%.

Investy Academy
Ler conteúdo completo
Indicados para você