[ editar artigo]

Panorama do Mercado Financeiro - 3 de Março de 2021

Panorama do Mercado Financeiro - 3 de Março de 2021

Bom dia!

O Ibovespa fechou o pregão dessa terça-feira em alta, após abrir em baixa com os receios políticos no radar dos investidores. A decisão de elevar a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) dos bancos para compensar a redução das alíquotas do PIS-COFINS do óleo diesel e do gás de cozinha pesou significativamente na abertura do mercado, fazendo o índice cair 2,7%. Com o passar do pregão, os investidores foram se acalmando e o índice fechou com alta de 1,9%. Especialistas acreditam que houve um forte exagero no começo da sessão com relação à notícia. 
No dólar, o dia foi de forte tensão e alta. Durante a sessão, a divisa chegou a bater R$ 5,73, obrigando o Banco Central a intervir no mercado, com o leilão de US$ 2bilhões, realizado em duas partes de US$ 1bilhão. A desconfiança do mercado com a falta de uma contrapartida para a extensão do auxílio emergencial e o aumento da tributação dos bancos fizeram os investidores correrem para a moeda como forma de proteção. O dólar fechou com alta de 1,17%, vendido a R$ 5,6660.
As bolsas em Nova York fecharam o pregão em queda, realizando uma parte dos lucros do pregão de segunda-feira. As ações do setor de tecnologia foram as que mais pesaram nos preços durante a sessão. Além disso, a alta volatilidade do rendimento das treasuries impacta diretamente o cenário, com os investidores indecisos sobre qual posição tomar no curto prazo. O índice Dow Jones fechou com queda de 0,46%. O índice S&P 500 encerrou o dia com queda de 0,81 e o Nasdaq registrou baixa de 1,69%.
Na Europa, as bolsas fecharam em alta mais um dia, aproveitando ainda as boas notícias do mercado internacional. As ações das empresas de mineração foram os principais destaques do continente. A bolsa de Londres fechou com alta de 0,38%, Frankfurt subiu 0,19% e Paris teve alta de 0,29.
No calendário econômico de hoje, temos a divulgação do PIB anual e do índice de evolução de emprego do CAGED como grandes notícias da agenda brasileira. Nos Estados Unidos o índice de variação dos empregos privados, os estoques de petróleo e discursos de membros do FED compõem a agenda do dia. Na Europa, a divulgação do PMI (Índice de Gerente de Compras) composto e do setor de serviços são os principais indicadores do dia. 
Agora pela manhã, o índice futuro do S&P 500 opera no campo positivo, com alta de 0,55%. Na Europa as bolsas também operam no campo positivo. Destaque para as bolsas de Londres e Frankfurt, que operam com alta de 0,97% e 0,91%, respectivamente. 
 

Investy Academy
Ler conteúdo completo
Indicados para você