[ editar artigo]

Panorama do Mercado Financeiro - 20 de Janeiro de 2021

Panorama do Mercado Financeiro - 20 de Janeiro de 2021

Bom dia!

 

O Ibovespa fechou o pregão desta terça-feira em queda, após uma série de notícias e sinais negativos para a economia. A possível extensão do auxílio emergencial voltou à pauta do governo, após queda da popularidade do presidente Jair Bolsonaro. Essa extensão pode fazer com que o teto de gastos seja furado e descumprido. Além disso, a briga de Bolsonaro com a Índia e a China está gerando ruídos ruins para o país. O Brasil não está na lista de países que receberá as vacinas produzidas na Índia e a China está demorando para enviar os insumos para a produção de novas vacinas no Instituto Butantã. O Ibovespa fechou em queda de 0,50%, aos 120.636 pontos.

O dólar fechou em alta, após o aumento dos riscos fiscais e a possibilidade do aumento de gastos. Além disso, os investidores procuram a divisa para proteção carteiras, gerando desvalorização do real. O dólar fechou vendido a R$ 5,3456, uma queda de 0,77%.

Os mercados americanos fecharam em alta, após a divulgação de Janet Yellen como nova presidente do Tesouro norte-americano. Além disso, a divulgação de balanços positivos dos bancos fez com que os mercados se animassem. O índice S&P 500 fechou o pregão com alta de 0,81%.

Na Europa, os mercados fecharam em queda. O aumento do número de casos de coronavírus ainda faz preço e a falta de programa econômico mais robusto não gera força para movimentos altistas no continente. Destaque para a bolsa alemã, que fechou com que alta de 0,24%.

No calendário econômico de hoje, temos a decisão da taxa de juros Selic com principal indicador do dia. Contudo, a decisão é divulgada às 18h00, após o pregão. Nos Estados Unidos, temos a posse do presidente eleito Joe Biden como principal evento. Na Europa, a divulgação de índices de preços da zona do Euro é a principal notícia.

Agora pela manhã, o índice futuro do S&P opera com alta de 0,41%, à espera da posse de Joe Biden. Os mercados europeus operam também em alta. Destaque para a bolsa alemã, com alta de 0,59%.

Investy Academy
Ler conteúdo completo
Indicados para você