[ editar artigo]

Panorama do Mercado Financeiro - 15 de Março de 2021

Panorama do Mercado Financeiro - 15 de Março de 2021

Bom dia!

 

 

O Ibovespa fechou o último pregão da semana em baixa, fechando a semana no negativo. Na sexta-feira, o índice se alinhou ao mercado internacional, impactado pelo aumento da rentabilidade dos títulos do Tesouro americano e pela expectativa de aumento da inflação nos Estados Unidos, causada pela pacote de estímulos de US$ 1,9 trilhão sancionado pelo presidente Joe Biden. No cenário interno, a aprovação da PEC emergencial parece já estar precificada e não gera fortes movimentos de alta no mercado. O Ibovespa fechou a sexta-feira com queda de 0,72%, a 114.160 pontos. A semana fechou com queda de 0,90%.

O dólar fechou o pregão com leve alta, após vários dias de forte queda. O alívio da pressão cambial foi causado principalmente pela aprovação da PEC emergencial juntamente com as atuações do Banco Central e seus leilões extraordinários. O dólar fechou a sexta com alta de 0,33%, vendido a R$ 5,5594. Na semana, a divisa acumulou queda de 2,19%. No entanto, o acumulado do ano apresenta uma alta de 7,09%.

As bolsas em Nova York fecharam sem direção única, com a alta dos rendimentos dos títulos do Tesouro americano causando temor nos investidores. Entretanto, a liberação dos recursos do pacote de estímulo fiscal americano causa otimismo no mercado. Olhando para o lado "mais cheio" do copo, os índices Dow Jones e S&P 500 renovaram suas máximas históricas de fechamento. O Dow Jones fechou com alta de 0,90% e o índice S&P 500 subiu 0,10%. No lado negativo da balança, o índice Nasdaq fechou com queda de 0,59%, mais sensível ao aumento dos juros do tesouro.

No mercado europeu, as bolsas fecharam sem direção única, acompanhando as preocupações de Wall Street com o aumento dos rendimentos dos títulos federais e a liberação dos estímulos fiscais. Além dos rendimentos do Tesouro americano, os títulos públicos europeus também apresentam alta de rentabilidade, o que preocupa os investidores do continente. O índice de produção industrial do continente veio acima do esperado, o que gera confiança para a tão sonhada retomada da economia europeia. O índice de Londres subiu 0,36%, Madrid subiu 0,60% e Paris subiu 0,21%. No lado negativo, Frankfurt registrou queda de 0,46% e Lisboa caiu 0,49%.

No calendário econômico de hoje, temos a divulgação do Boletim Focus como principal notícia do dia. Nos Estados Unidos e na Europa, não temos notícias relevantes para o dia. Um dia sem notícias é dia de se cuidar sempre da "agenda oculta": alguma entrevista surpresa ou um simples "tweet" de alguém influente pode gerar fortes movimentos nos mercados.

Agora pela manhã, o índice futuro do S&P 500 opera com leve alta de 0,16%. Os mercados europeus operam em alta. Destaque para a bolsa de Londres com alta de 0,34% e Madrid com alta de 0,55%.

Investy Academy
Ler conteúdo completo
Indicados para você