[ editar artigo]

Panorama do Mercado Financeiro - 10 de Fevereiro de 2021

Panorama do Mercado Financeiro - 10 de Fevereiro de 2021

Bom dia!

O Ibovespa fechou a terça-feira em queda, com a Petrobrás mais uma vez puxando o índice de forma negativa com as repercussões da possível interferência no preço dos combustíveis. Por outro lado, o mercado viu de forma positiva o projeto de autonomia do Banco Central, que está a caminho de ser aprovado, indicando que as tão sonhadas reformas estão próximas de sair do papel e irem à votação. O Ibovespa fechou com queda de 0,19, a 119.471 pontos.
O dólar fechou o pregão cem alta, após dois dias de queda. O novo auxílio emergencial e seu impacto nas contas públicas, sem uma contrapartida definida gera apreensão nos investidores, que aproveitam o momento para comprar a divisa norte-americana e se proteger de um futuro instável. Durante o pregão, o Banco Central fez leilão de divisas com a intenção de segurar o câmbio, porém não conseguindo fazer a cotação fechar com queda. O dólar fechou em alta de 0,19%, vendido a R$ 5,383.
As bolsas de Nova York fecharam sem direção única, após forte oscilação durante o pregão. O otimismo com relação ao pacote de estímulos do presidente Joe Biden deu uma respirada, com os investidores também repercutindo balanços divulgados e digerindo o ritmo da vacinação contra o coronavírus. O índice Nasdaq fechou em sua máxima história, subindo 0,14% no pregão, com a forte alta dos papéis de comunicação e tecnologia. Já o índice S&P 500 fechou com queda de 0,11%. O Dow Jones fechou em queda de 0,03%.
Na Europa, a maioria das bolsas fechou em queda, com a realização de lucros das últimas altas tomando conta dos mercados. O principal driver do continente continua sendo a situação da pandemia e a vacinação contra o coronavírus. Diante de seis dias de altas consecutivas na maioria das bolsas, os investidores aproveitaram para realizar seus lucros e se preparar para novos movimentos. No lado positivo, a bolsa de Londres fechou com leve alta de 0,11%. Já pelo lado negativo, a bolsa de Madrid fechou com queda de 1,44%.
No calendário econômico de hoje, temos o número de vendas do varejo do mês de dezembro de 2020 como principal indicador brasileiro do dia. Nos Estados Unidos, uma série de indicadores: o IPC anual e mensal e os estoques de petróleo são os principais. Além disso, o discurso do presidente do FED, Jerome Powell pode gerar volatilidade nos mercados. Na Zona do Euro, a presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, discursa sobre a política econômica do continente.
Agora pela manhã, o índice futuro do S&P 500 opera com leve alta de 0,34%, a espera da abertura do mercado a vista. Na Europa, as bolsas operam sem direção única. No lado negativo, a bolsa de Madrid opera com queda de 0,47%. No lado positivo, Londres opera em alta de 0,35%.

Investy Academy
Ler conteúdo completo
Indicados para você